sexta-feira, 18 de maio de 2012

Sem Ponto Nem Vírgula


De tanto fazer discursos, morreu falando com as paredes.


(*) Imagem: Google

10 comentários:

  1. Haha... muito legal... bem dialético...

    Faz uma visita e comenta meus contos lá no meu blog: http://homoliteratus.com/category/contos/

    ResponderExcluir
  2. Buona serata e felice week end...ciao

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que naquela casa as paredes tinham ouvidos...kkk Beijo querida Dolce. Ivany

    ResponderExcluir
  4. Poucos tem a habilidade que tens neste estilo!! aplausos!! Silvanio Alves

    ResponderExcluir
  5. Perfeito amiga e que elas se calem.Abraço.

    ResponderExcluir