segunda-feira, 16 de julho de 2012

De Pernas Para o Ar




Esta é a história de Amanda Júlia. Arquiteta bem sucedida, dona de um corpo escultural, bonita e charmosa, sem mencionar o fantástico senso de humor. E não termina por aí. Para completar sua lista particular de desejos realizados, vive um tórrido romance com um homem incrível. Cenário quase perfeito. Sim. Quase. Afinal não poderia agradar gregos e troianos. Neste caso, principalmente certas troianas. Algumas amigas reclamavam de que ela sempre fora ausente. E, depois do novo amor, não queria mais saber de nada, nem de ninguém. Um dia, cansada das críticas (ou seria inveja?), Amanda Júlia pediu ao namorado que a fotografasse com as pernas para o ar. E enviou, para as amigas, a imagem com a legenda espirituosa: "Só assim as varizes me dão sossego".
(*) Imagem: Google

9 comentários:

  1. Às vezes "as varizes"
    são muitas "amigas"
    que se inquietam com
    a felicidade alheia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Dolce, ótimo e espirituoso conto,parabéns!Um ótimo dia!Abraços, Van.

    ResponderExcluir
  3. Excelente mensagem ! Pra bom "entendedor" um pingo é letra !Rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Como eu disse,
    em poucas palavras
    ou lindas pernas:
    uma resposta certa.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. e ninguém pode invejar varizes né não? rsrs

    ResponderExcluir
  6. e ninguém pode invejar varizes né não? rsrs

    ResponderExcluir
  7. Você é muito criativa e com muito senso de humor.
    Bjs.

    ResponderExcluir