segunda-feira, 2 de julho de 2012

Na Cama Com Um Milionário



No dia de seu nonagésimo oitavo aniversário, ao acordar da habitual soneca depois do almoço, o ancião milionário se deparou com os familiares em volta do leito, praticamente sentados sobre a cama. Pediu, então, que um dos parentes falidos se aproximasse ainda mais. E sussurrou em seu ouvido:


 A vida é uma criança. 

(*) Imagem: Google

10 comentários:

  1. rssssssssssss....E todos outros caíram durinhos,rsr beijos,linda semana!chica

    ResponderExcluir
  2. Fulminante!!! Um conto minimalista é como o olhar que recai sobre uma cena que tem revela em poucos instantes uma história longa...

    ResponderExcluir
  3. Milionário - e, ainda assim, rico.

    ResponderExcluir
  4. rss aves de rapina esperando a hora.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei!
    Gosto muito do humor
    dos pequenos contos.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Gostei da ironia, para o parente que ouviu, contar as horas se tornou ainda mais desagradável, haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Um conto curto demais
    como a vida
    mas ambos tem um longo ensinamento
    mui profundo e belo

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  8. o desespero! AHaha
    é a síndrome do fraco: sempre esperando que alguém sucumba para tomar-lhe o poder. Triste.. né?

    ResponderExcluir